Vieira assume o falhanço da temporada desportiva

Luís Filipe Vieira também fez um balanço desportivo da temporada, não só no futebol como nas modalidades. E assumiu o falhanço e a desilusão de não terem sido alcançados os grandes objetivos delineados.

«No plano desportivo, assumo que esta época falhámos os principais objetivos no futebol e nas modalidades. Sou o único responsável por isso. Sempre dei a cara e não é agora que seria diferente. Lutámos até ao fim, mas falhámos», sublinhou, detalhando:

«Falhámos o Penta, fizemos zero pontos na Liga dos Campeões e sofremos derrotas na maioria das modalidades masculinas de pavilhão, exceto no futsal. Apesar de termos estado na luta até ao fim, é verdade que perdemos. Dói-me tanto a mim como a qualquer um de vós e a qualquer um dos nossos jogadores e treinadores.»

Vieira rejeitou, todavia, ter havido desinvestimento no futebol.

«Não desinvestimos tanto quanto se fala. Fomos fiéis a política definida há três anos, de valorizar a formação do Benfica, de investir sustentadamente, de reduzir a dívida bancária e a nossa dependência do sistema financeiro e, mesmo assim, continuámos competitivos», advogou, assegurando que «o processo de reconquista está em curso» e que o Benfica «rapidamente» voltará às vitórias, depois de uma década que, frisou, «foi a melhor da história» do Benfica, «com mais títulos, no futebol e nas cinco modalidades de pavilhão».

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter