Zivkovic voltou a querer lutar pelo lugar

Advertisement

Foi surpresa na convocação para o jogo com o Rio Ave e ter estado a um passo de entrar em campo. Zivkovic não era opção há mais de seis meses – o único jogo que disputou foi com o Sp. Covilhã, para a Taça da Liga, em dezembro –, mas na última jornada esteve perto de se estrear na Liga 2019/20. O ex-Partizan, de 23 anos, era uma das últimas apostas de Lage, que acabou por mudar de ideias face ao golo de Weigl. Entraram Samaris e Jota.

Mas o que aconteceu para Zivkovic voltar a ser opção? Tem estado a treinar bem e convenceu o técnico das águias a dar-lhe nova oportunidade. Em dezembro, depois do jogo com o Sp. Covilhã (jogou 61 minutos), Bruno Lage revelou que a temporada passada o criativo “desistiu de lutar pelo lugar”, mas neste momento a realidade é outra. Zivkovic mudou a atitude e o rendimento no treino, algo que o treinador do Benfica tanto valoriza, fez com que tivesse uma nova oportunidade. O facto de haver cinco substituições também jogou a favor do futebolista.

Em Vila do Conde, Lage pretendia explorar o jogo interior do sérvio, tal como a sua capacidade de remate de fora da área e o cruzamento, perante um adversário reduzido a nove elementos e remetido à defesa. Só o golo de Weigl é que impediu que jogasse pela segunda vez esta época.