Bloggers que divulgam e-mails do Benfica recebem através de um contrato de 700 mil euros, feito pelo Sporting

Advertisement

Luís Paixão Martins, consultor de comunicação e relações públicas, que apoiou, enquanto adepto, Frederico Varandas nas eleições do Sporting, explica nas redes sociais que os contratos assinados por Bruno de Carvalho na área da comunicação mantêm-se em vigor e revela mesmo os valores.

“O Sporting tem dois grandes fornecedores de serviços de comunicação (o resto são migalhas…). Ambos foram escolhidos por Bruno de Carvalho e ambos têm contrato de prestação de serviços a longo prazo assinados por Bruno de Carvalho. Nada disso mudou com a gerência transitória da equipa de Sousa Cintra e nada disso mudou com a gerência eleita de Frederico Varandas”, constatou Luís Paixão Martins.

“O fornecedor da Sporting TV, com um contrato que vale 2 milhões de euros por ano, continua a ser o mesmo de Bruno de Carvalho. O fornecedor dos restantes Media próprios do Sporting (jornal, digital, etc., incluindo o cobarde anónimo do Mister do Café), com um contrato que vale 700 mil euros por ano, continua a ser o mesmo de Bruno de Carvalho”, revela aquele responsável, garantindo que, exceção feita ao futebol, no Sporting “tudo continua a ser como era no tempo de Bruno de Carvalho”.

Leia a publicação na íntegra:

“Quando era consultor de Comunicação fui convidado, mais do que uma vez, para colaborar com o Sporting. Neguei sempre essa possibilidade por duas razões: primeiro, porque queria continuar a viver o meu clube na parte lúdica da vida; depois porque achava que o Sporting era muitíssimo mal gerido.
Em contrapartida, aceitei colaborar com o FC Porto, uma instituição organizada, com os objetivos e a liderança bem definidos e onde o amadorismo dirigente não entrava.

Desde que Frederico Varandas, candidato que apoiei, tomou posse como dirigente do Sporting que tenho sido apontado, sobretudo pelos atrasados que continuam a aclamar Bruno de Carvalho como presidente, como ‘diretor de Comunicação’ e afins do meu clube. Houve mesmo um blogue, animado por um cobarde anónimo ligado à empresa que continua a ser um dos principais fornecedores de serviços de Comunicação do Sporting, que escreveu que obtive um negócio de ‘2,3M a 3M de euros’ com o meu clube.

Ora, para evitar este tipo de especulação – que faz com que haja mesmo jornalistas a contactarem-me para que que eu confirme o que se passa ou deixa de passar no Sporting – venho esclarecer o seguinte:
O Sporting tem 2 grandes fornecedores de serviços de Comunicação (o resto são migalhas…). Ambos foram escolhidos por Bruno de Carvalho e ambos têm contrato de prestação de serviços a longo prazo assinados por Bruno de Carvalho. Nada disso mudou com a gerência transitória da equipa de Sousa Cintra e nada disso mudou com a gerência eleita de Frederico Varandas.

O fornecedor da Sporting TV, com um contrato que vale 2M€ por ano, continua a ser o mesmo de Bruno de Carvalho. O fornecedor dos restantes Media próprios do Sporting (jornal, digital, etc., incluindo o cobarde anónimo do Mister do Café), com um contrato que vale 700m€ por ano, continua a ser o mesmo de Bruno de Carvalho.

É assim e assim continuará a ser por muito tempo em resultado dos contratos deixados por Bruno de Carvalho.

Aliás com a atual direção do Sporting, exceção feita ao Futebol que é dirigido pelo próprio presidente Frederico Varandas, tudo continua a ser como era no tempo de Bruno de Carvalho. E essa seria, aliás, razão mais do que suficiente para eu nada ter com a ver com o assunto.”