Advertisement

Centralização vs Monopólio

Advertisement

Muitos se perguntam porque é que o SL Benfica é a favor da centralização dos direitos televisivos quando tem a BTV?
Comecemos por clarificar o que é centralização e o que não é centralização. O que se passa neste momento não é centralização. É sim, um monopólio (ou quase monopólio) pois uma empresa compra a quase totalidade dos jogos a 95% dos clubes, negociando com cada um. Isso permite que o comprador defina os preços, manipule o mercado, defina a sua própria estratégia.

A centralização não é nada disso. A centralização é o poder da negociação para todos os clubes. Uma organização que representa os clubes negoceia com várias empresas e tenta o melhor negócio. Essa mesma organização define a sua estratégia, faz leilões, vende a vários parceiros. Maximiza as receitas para TODOS os clubes.
É isso que acontece com a Champions, com a Premier League e com muitos campeonatos. É por isso que as receitas desses campeonatos aumentam a cada ano que passa. As televisões pagam cada vez mais, e trabalham cada vez mais para promover o espetáculo futebol.
A centralização não significa que todos recebam o mesmo. Não é isso que acontece em nenhuma competição que tem direitos televisivos centralizados. No final os clubes recebem sempre valores diferentes.
E como isso pode acontecer… de várias formas:
– Uma parte do dinheiro é para a participação na competição (primeira ou segunda liga). Normalmente é um prémio igual para todos.
– Market-Share: clubes com mais adeptos e que consigam mais espectadores a ver os seus jogos (com a tv por cabo, é muito fácil estudar isso) têm mais receitas.
– Prémios classificação, quanto mais acima na classificação, mais dinheiro recebem.
– Prémios para vitórias/empates, tal como acontece na champions…

Advertisement

A centralização pode permitir recolher muito mais do que actualmente. Pode duplicar ou triplicar as receitas. Todos ficam a ganhar. Não é verdade que os grandes percam para que os pequenos ganhem. Todos vão receber mais. Foi isso que aconteceu em todos os lados.
Mas há quem não goste disso… óbvio. Aqueles que durante anos viveram à custa de um sistema de monopólio que os ajudou a se eternizarem no poder, não gostam disso.
Esses gostam de um sistema, onde o amigo Oliveira controla o que todos os clubes recebem e ao mesmo tempo financia os dirigentes de todos os clubes para que mantenham o sistema.
Os clubes perdem, mas os dirigentes ganham milhões e milhões.
Quando vejo dirigentes contra a centralização, defendendo o quase monopólio da SportTV… eles não defendem o melhor para o seu clube. Eles defendem o melhor para eles.

Por : Manuel Eusébio

DEIXE A SUA RESPOSTA

Botão Voltar ao Topo