Conselho de Disciplina abre processo contra o Benfica por queixa da APAF

PUB

É mais um motivo para que o Benfica e os Benfiquistas se apresentem de negro, no próximo jogo em casa, diante o FC Porto. O Benfica tem sido prejudicado enquanto FC Porto e Sporting beneficiados, semana após semana. Não disfarçam e tão pouco querem saber porque estão como querem.

Por mais que o Benfica reclame, a APAF patrocinada pela mesma empresa que o Sporting, faz a habitual queixa ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Queixa que nunca é feita quando o Sporting critica as arbitragens, através do seu diretor de comunicação. Por sua vez, a FPF instaura o processo disciplinar ao Benfica, sem questionar o porquê de não o fazer ao Sporting.

“Na sequência de participação disciplinar efetuada pela Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, tendo por objeto declarações proferidas sob o enfoque das ofensas à honra ou consideração de agentes de arbitragem.

O processo foi enviado, no dia 27 de abril de 2022, à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, ficando excluída a publicidade até ao fim da instrução”, refere o documento, sem especificar qual o jogo ou jogos que originaram as críticas do Benfica e que levaram à abertura deste processo disciplinar.

Da mesma forma, o diretor-geral da SAD benfiquista, Rui Pedro Braz, também foi alvo de um processo disciplinar, neste caso após “participação efetuada pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, tendo por objeto eventual comportamento incorreto violador de deveres gerais”.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.