Advertisement

Cristiano Ronaldo passou a ser jogador livre

Advertisement

O Manchester United confirmou, em comunicado oficial, a rescisão de contrato «por mútuo acordo» com Cristiano Ronaldo.

A decisão do clube inglês surge dias após a bombástica entrevista do capitão da Seleção Nacional a Piers Morgan, na qual Cristiano Ronaldo arrasou o clube, a direção e o treinador, Erik ten Hag.

 

«Cristiano Ronaldo deixa o Manchester United por mútuo acordo e com efeito imediato. O clube agradece-lhe a enorme contribuição nas duas passagens por Old Trafford, com 145 golos em 346 jogos, e deseja a Ronaldo e à família o melhor para o futuro. Todo o clube continua focado no desenvolvimento da equipa em conjunto com Erik ten Hag, de forma a que tenhamos sucesso em campo», lê-se na nota dos red devils.

 

O avançado português voltou ao Manchester United no verão passado, após três temporadas na Juventus, e marcou 27 golos em 54 jogos nesta segunda passagem pelo clube. Antes, entre 2003 e 2009, marcara 118 em 292 partidas.

 

Em vésperas da estreia de Portugal no Mundial, Cristiano Ronaldo fica, então, livre para, a partir de 1 de janeiro, encontrar nova equipa para prosseguir a carreira.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo