Nos últimos dias tem se assistido a um ataque por parte de pessoas que diariamente vão aos programas desportivos. A vítima desta vez foi André Ventura, comentador afecto ao Sport Lisboa e Benfica.

Na rapidez de esconder a fraca afluência à assembleia geral, do empate registado depois de estar a vencer por 3-0, da lição que deu Godinho Lopes a Bruno de Carvalho, fazendo com que presidente saísse a meio do tal tribunal interno e da famosa carta entregue por Dias da Cunha, as atenções rapidamente viraram-se para o que disse André Ventura. O problema foi colocar Fernando Mendes a defender o clube. O comentador começou por se enterrar ao dizer que estavam 170 pessoas na assembleia Geral do clube, mas aos poucos foi dizendo que estava pouca gente. Depois disse que tinha falado com um amigo que ia sempre às assembleias, depois já eram 3 amigos e depois já tinha falado com o líder. Muita contradição e mentira.

“O SCP realizou uma AG este fim de semana, contou com 150 sócios. O Politico Carvalho quando queria chegar ao poder dizia “independente da minha opinião pessoal é triste verificar que tão poucos sócios se interessam com o que de facto se passa no nosso clube” e continua ” (…) cerca de 30 mil sócios pagantes, mesmo assim em 30 mil sócios a participação é muito fraca” e termina com “e assim tudo é aprovado de qualquer forma e o SCP precisava de ver as coisas aprovadas por todos os sócios e não pelos mesmos 200″. Talvez o Politico Carvalho queira explicar como agora apenas 150 lá vão. Isto ainda sendo reforçado pelo facto de segundo anuncia hoje sermos 150 mil sócios”. Retirado de um blog do Sporting.