Advertisement

Frederico Varandas arrasa Pinto da Costa e o seu discurso

Frederico Varandas abordou, a polémica sobre os comentários de Carlos Xavier sobre Taremi, caso que valeu a abertura de um processo por parte do Conselho de Disciplina da FPF, cuja pena pode incorrer na interdição do José Alvalade até um prazo máximo de 5 jogos.

 

Se fosse bem aconselhado, bastaria recordar o que fez o Porto Canal na mesma semana que os comentários do Carlos Xavier. Não precisaria de falar, sequer, na diferença de tratamento quando nos apelidam de mouros.

 

@hugogil07 O Porto Canal já veio falar deste lamentável comentário? #fcp #fcporto #portocanal #pintodacosta ♬ Soviet National Anthem – The Red Army Choir


“O Carlos Xavier teve um comentário infeliz e o próprio teve o cuidado de se retratar publicamente. Apelidou o jogador [Taremi] de muçulmano e a verdade é que pediu desculpas publicamente, ao jogador, ao Sporting e à Sporting TV, porque o clube não se revê nesse tipo de comentários, mas de facto parece que há pessoas que podem fazer e dizer o que querem neste país”, atirou no aeroporto de Beja, antes de concretizar: “Durante anos ouvi pessoas a tratarem as pessoas de Lisboa como mouros, um discurso divisionista, discriminatório e xenófobo, que alimenta a divisão… Parece que há uma parte do país que são os puros e outra que são os mouros. Não sei se o CD tem noção, acho que tem, mas mouro é sinónimo de sarraceno, de quem pratica o islão. Não acho piada. Acredito que os muçulmanos também não achem piada e lamento que não haja o mesmo tratamento.”

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados