Azuistop

Luís Gonçalves volta a ameaçar e os árbitros voltam a ficar surdos

PUB

Manda quem pode, obedece quem não quer ter a carreira curta.

 

Segundo o relatório dos delegados do jogo “após o apito final”, Luís Gonçalves entrou no terreno do jogo “utilizando linguagem injuriosa e dizendo: “És uma vergonha do c“. Após a expulsão e ainda dentro do terreno do jogo, o administrador portista disse ainda: “estás fo, estás fo***.” Mais tarde, à entrada do acesso ao balneário voltou a injuriar: “És um fracassado”.

Advertisement

Se não fosse o relatório dos delegados, ninguém iria castigas Luís Gonçalves. Tudo porque o António Nobre não escreveu vários incidentes ocorridos no Estoril-FC Porto em que os azuis e brancos perderam o jogo.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Hugo Gil (@hugogil07)

Pub

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

Foram vários os factos omitidos pelo árbitro da partida e este não é um caso isolado. Já na temporada passada, Manuel Oliveira também não escreveu o que aconteceu no FC Porto-Casa Pia. É sempre a mesma equipa com os mesmos truques de sempre.

Quanto às ameaças do Luís Gonçalves, começa a ser um clássico. Talvez seja melhor concorrer à presidência do Conselho de Arbitragem porque começa a ter alguma experencia em terminar com carreiras de árbitros.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo