Azuistop

Mensagens de ameaças de Madureira e companhia divulgadas

PUB

O que se passou nos bastidores do FC Porto foi uma tentativa de sondagem do terreno para perceber os passos que Pinto da Costa irá tomar nestas eleições. A próxima Assembleia Geral não deverá acontecer e não será onde Pinto da Costa se apresentará como candidato.

Tudo o que está a ocorrer no FC Porto é uma espécie de ‘reconhecimento do terreno’ para entender se Pinto da Costa conseguirá garantir mais um mandato. Ele não está disposto a perder ou a sair pela porta dos fundos, deixando o clube atolado em dívidas, vícios e longe de uma possível recuperação. Os sócios que durante 40 anos ignoraram estes problemas não podem agora reclamar falta de democracia ou criticar a direção por ter uma guarda pretoriana. Pinto da Costa optará por não se candidatar porque percebe que não será bem-sucedido. Prefere não entrar na disputa do que ser derrotado e humilhado.

Advertisement

Até que se saiba a decisão final, figuras como Vitor Cartão e J Marques estão a apontar o dedo ao Benfica

Pub

As imagens estão a circular nas redes sociais por parte dos sócios do FC Porto que desejam a saída de Madureira. Acaba por ser prejudicial para um clube que deu tudo ao líder de uma claque que vive com o salário mínimo e que ostenta carros de luxo e desfruta de férias em grande estilo. É um sonho para qualquer associado do clube que tem o estádio como sua casa do FC Porto

    Comentários

    Leave a Reply

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    Advertisement
    Botão Voltar ao Topo
    Mercado