Opinião do adeptoOPINIÕES DE ADEPTOStop

O comentário triste de um candidato à presidência do Benfica sobre as eleições do FC Porto

Francisco Benitez acha que prender um líder de claque, hipotecar o futuro do clube em plena campanha e ter uns quantos desordeiros a contestar o resultado é uma bofetada de democracia

PUB

Tudo o que acontece na casa do vizinho é sempre melhor que o nosso. Há por aí um ditado que agora não me recordo, mas passa por estas palavras. Nunca estamos contentes com o que se passa na nossa casa e olhamos para a casa dos outros e encontramos sempre algo melhor.

Pinto da Costa foi derrotado ao fim de 42 anos. Foi democracia? Alguém que está no poder há 42 anos ficando marcado pelos apitos dourados, frutas e tantas outras trapalhadas, não pode sequer levantar a mão quanto mais dar uma bofetada de democracia. São os mesmos que deram a vitória a Villas-Boas.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

Enquanto a Mulher de Madureira escrevia Hipócritas, o candidato derrotado nas últimas eleições do Benfica escrevia: “Hoje levámos uma bofetada de democracia”.  Um comentário lamentável de quem pretende alimentar contestação, sem qualquer razão de queixa. Mas vamos a factos.

Depois das eleições que deram 80% dos votos a Villas-Boas, há uma narrativa dos números de votos que os Benfiquistas mais antigos têm e que se pretende terminar com isso. É legitimo que se discuta e que os sócios no fim decidam o que querem. Nada contra.

Mas há um erro na maioria dos comentários à narrativa que anda a ser lançada. A de que os resultados das eleições seriam outros se fosse cada sócio um voto. Então vamos ver se seria mesmo assim como alguns querem propagar.

Pub

Total de votantes: 40.085 votantes / Total de votos (1,5,20 e 50 votos): 808.298 votos

Lista A: 33.754 votantes / 682.841 votos / 84,48%
Lista B : 5.043 votantes / 98.923 votos / 12,24%
Brancos: 1.071 votantes / 21.967 votos / 2,2%
Nulos: 217 votantes / 4.567 votos / 0,56%

Se fosse cada sócio 1 voto, o presidente atual venceria na mesma com 84,27% contra 12,57% conquistados por Benitez.
Portanto onde é que está a chapada? Porque detiveram um cabecilha de claque para garantir que todos votassem sem problemas? No Benfica não houve intimidações.
Porque chamaram a policia para garantir que os votos eram bem contados? Nas eleições em que Benitez participou, os votos foram contados 3 vezes.
Porque tanto a Villas-Boas e Pinto da Costa andaram em ataques pessoais constantes com um a hipotecar o futuro do clube tomando medidas em período eleitoral? No Benfica não aconteceu.

Se quer ir pelas eleições do Vieira também temos os dados.

Total de votantes: 38.102 votantes / Total de votos 753.578(1,5,20 e 50 votos) votos):

LISTA A: 22.787 votantes / 471.660 votos / 62,59%
LISTA B: 14.337 votantes / 261.574 votos / 34,71%
LISTA D: 603 votantes / 12.341 votos /1,64%
Brancos: 375 votantes / 8.003 votos /1,06%

Se fosse cada sócio um voto, Luís Filipe Vieira venceria com 59,8% contra os 37,6% de Noronha Lopes.

Perante tudo isto, acho lamentável que alguém que teve mais de 5 mil pessoas a votar nele, nas últimas eleições do Benfica, venha falar de bofetadas de democracia. Respeite a vontade da maioria dos sócios do Benfica e o que desejo que se candidate em 2025. Só assim podemos garantir que o Benfica continue democrático.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo