Advertisement

Sem vencer fora na 1ª volta, a culpa é do Benfica por o seu central meter a mão na bola

Nada nos move contra o Luís Freire mas fala mais que o que trabalha

Os treinadores adversários acham que ao fazer barulho sem razão, nos jogos do Benfica lhes trazem pontos.

 

O Conselho de Disciplina assim o permite, então vamos ter treinadores como o Luís Freire a criticar as arbitragens quando não tem nenhuma razão para o fazer.

Advertisement

Nada nos move contra um treinador que não teve uma única vitória fora em toda a primeira volta. É muito bonito jogar fechadinho, linhas compactas e subidas com uma clara aposta nas transições. Mas também conta a imbecilidades dos jogadores que tem na equipa. Se há jogo em que falou amarelos por entradas sobre o Rafa este era o indicado. O seu central cometeu duas infrações para amarelo e não há duvidas nenhumas quanto a isso. Nem o jornal mais ligado ao Sporting e ao Porto conseguem ser unanimes por mais aziado que Luís Freire apareça nas conferências.

Quem ouviu ontem o treinador do Rio Ave, pode ouvir novamente, mas depois de uma derrota diante o FC Porto em que Eustáquio deveria ter vindo para a rua. Com mais postura, mais elogio ao adversário mas a falar de erros de arbitragem. Sobre o Benfica, focou-se apenas numa expulsão em que não houve erro nenhum.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias


Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados