Sousa Cintra ouvido na segunda-feira no caso e-toupeira

Publicidade

Sousa Cintra, ex-presidente do Sporting, foi chamado pela defesa da Benfica SAD a depor na instrução do processo E-Toupeira. Nuno Gomes, antigo capitão das águias e ex-diretor de relações internacionais, Júlio Mendes, presidente do Vitória de Guimarães, e António Salvador, presidente do Sporting de Braga, também foram arrolados como testemunhas. Serão interrogados pela juíza Ana Peres, na segunda-feira.

A estratégia da Benfica SAD, que responde por corrupção, passa por demonstrar em tribunal, através do testemunho de outros presidentes de clubes, que as ofertas de bilhetes e camisolas, a árbitros e observadores, são normais. A oferta de convites a dois funcionários judiciais, José Augusto e Júlio Loureiro, levou a que a Benfica SAD fosse acusada de 30 crimes.

Publicidade

Os bilhetes eram pedidos por Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico da Benfica SAD, e o clube rejeita que as ofertas tivessem o conhecimento do presidente Luís Filipe Vieira, ou de outro administrador.

Pub

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores