topVerdes

Presidente do Sporting manda boca ao Benfica e hoje critica arbitragem

Disse que o seu clube não criticava a arbitragem o que não se verificou

PUB

Diz o presidente do Sporting que não criticam a arbitragem. Não foi o que se viu nas ultimas semanas

 

“O ambiente na arbitragem está muito melhor porque o Sporting não se queixa da arbitragem. Há este silêncio porque o Benfica está em 1.º lugar. se estivesse em 2.º ou 3.º lugar, isto não estaria tão sossegado” disse Frederico Varandas em novembro de 2022. Ou seja, disse isto há uns mesitos. Agora mostro-lhe o que tem acontecido desde então.

Advertisement

No dia 9 de janeiro canal do clube, Miguel Braga, diretor de comunicação do Sporting, disse que Hélder Malheiro “teve influência no resultado”, apontando: “Entre os minutos 50 e 51 houve lances que mudaram o jogo. No primeiro, houve um penálti claro não assinalado por falta sobre Porro e que mereceu a unanimidade da crítica especializada. Um lance que só o árbitro, o seu assistente e o VAR não viram. Com os rivais este tipo de lances são sempre assinalados”.

Nos dias seguintes colocaram os ex-jogadores e ex-dirigentes a fazer um serviço baixo de condicionamento à arbitragem. Até um tipo que está no TAD falou em ladroagem.

Pub

Se isto não é criticar a arbitragem para Frederico Varandas, então não sabemos o que será para o presidente do Sporting, as criticas à arbitragem.

O que sabemos é que nem o Conselho de Disciplina nem a APAF fizeram queixa sobre as declarações do Diretor de Comunicação do clube. Por muito menos foram apresentadas queixas contra a comunicação do Benfica e até ao presidente Rui Costa no momento em que disse BASTA!

Aguardaremos para perceber de que lado estão estes dois organismos tão interventivos contra o Benfica e tão passivos contra o Sporting.

Leia também: FC Porto e Sporting unidos na pressão à arbitragem

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo
Mercado