Advertisement

A culpa da arbitragem é do Luís André (cada um assina)

Foi o único que foi recebido pelo Conselho de Arbitragem no inicio da época, deixando largos elogios. Agora coloca as culpas no Luís André porque o Macaco está preso e a arbitragem mudou

 

Jorge Nuno confrontado com a reunião com o Conselho de Arbitragem disse o seguinte: “Já fiz a reunião. Foi uma conversa positiva, na medida em que apresentamos as nossas ideias, as nossas queixas e tivemos uma boa recetividade por parte do Conselho de Arbitragem. As pessoas do CA estão extremamente interessadas que a arbitragem melhor, reconhecem que não está bem e são de uma seriedade intocável

Advertisement

 


 

Depois de ter sido beneficiado frente ao Estoril mas que não conseguiu vencer, Pinto da Costa disse o seguinte: “Está a tocar num ponto interessante, ligar a arbitragem com as eleições. A arbitragem, em 2023, o FC Porto não teve diretamente razões de queixa, não foi beneficiado nem prejudicado, foi indiretamente prejudicado, porque Sporting em Faro e Casa Pia foi à custa de arbitragem que venceu. Mas há coisa curiosa: a partir do momento que apareceu uma candidatura… A do André Villas-Boas, apareceu e a arbitragem mudou. Tivemos no Bessa a primeira sonegação de pontos, com penálti escandaloso sobre Eustáquio, árbitros Manuel Oliveira e VAR Rui Costa também do Porto, a partir daí foi uma sucessão de erros. No Rio Ave houve penálti, VAR não lhe mostra imagens completas, em Arouca o árbitro não vê penálti e aceito que não tenha visto, mas o VAR não pode deixar de intervir”

A mesma pessoa em meses diferente. Disse que em 2023 não tinham razões de queixa, mas marcaram uma reunião de emergência com o Conselho de Arbitragem. Agora diz que a culpa é da candidatura de Vilas-Boas e que, como não confia no Conselho de arbitragem vai falar com a Associação que tem mais árbitros na primeira liga, a AF Porto.

Por falar em coincidências, a arbitragem deixou de ser um pouco tendenciosa, principalmente mais a norte quando o cabecilha da claque foi detido. E até nisso ele respondeu.

“Não vou visitar Fernando Madureira por uma razão: porque tem direito a um número limitado de visitas, tem pais, sogros, mulher e filhos. Se não fosse isso não tinha problemas nenhuns. Ele matou alguém? Ele roubou alguém? Que eu saiba não”, referiu, já depois de explicar: “Fernando Madureira não traiu a minha confiança. Como não considero isso, não. Conheço as realidades e sei. Não há nenhuma imagem, que se houvesse já tinha aparecido nos telejornais, que mostre o Fernando Madureira a agredir seja quem for. Não há uma! Quando apelaram ao ‘filmem tudo’ era para isso. Mas isso não aconteceu. O individuo que disse isso depois foi para o Ministério Público (MP) dizer o que deve ou não ser público.”

Felizmente a culpa já não é do Benfica.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados