ATAQUE AO BENFICAAzuistop

“Até o jogo em que me acusam, eu nem joguei, estava cá fora”

Desviaram as atenções de possíveis crimes de prisão efetiva.

PUB

Notícia reciclada colocada de forma propositada para que a possibilidade de prisão efetiva de Francisco J Marques e Digo Faria passe para segundo plano nos meios de comunicação social.

 

Francisco J Marques e Diogo Faria, arriscam prisão e como o assunto tem de ser abafado, colocam uma notícia reciclada sobre alegados subornos de um empresário de futebol e jogadores que hoje estão no Brasil, fugindo a um processo de difamação por falso testemunho.

Advertisement

A investigação começou num Feirense-Rio Ave da época 2016/17 quando as casas de apostas cancelaram o jogo, por um chinês ter apostado 100 mil euros, num terminal da póvoa do Varzim. Os jogadores chamados e constituídos arguidos foram Cássio, Roderick, Marcelo e Nadjack. Desse jogo a associarem ao Benfica foi um tirinho. Roderick Miranda, deu uma entrevista ao Expresso a falar sobre o tema em 2019.

O que eles queriam saber em concreto?
Não sei que é que eles queriam saber, mas já nos estavam a acusar, a dizer que nós tínhamos recebido dinheiro e ninguém tinha recebido nada. Entretanto juntaram este processo todo dos emails, juntaram o César Boaventura, estão a juntar tudo ao processo. É fácil a associação, porque eu joguei no Benfica, mas nunca recebi. Até o jogo em que me acusam, eu nem joguei, estava cá fora.

Insiste que nunca foi contactado por ninguém para viciar jogos nem recebeu dinheiro nesse sentido?
Não. Nem fui contactado para dizer ‘A’, ‘B’ ou ‘C’ para fazer isto ou aquilo. É que nunca me contactaram.

Ficou surpreendido com a situação?
Sim, bastante, e fiquei ainda mais surpreendido quando pessoas de alguns clubes me estavam a acusar. Isso foi o que ainda me deixou mais estupefacto.

Pub

Quem é que o acusou?
Pessoas que falavam nas televisões, falavam como se eu fosse a “mula” que levava o dinheiro. Mas pronto, fazer o quê?

Ou seja, chamaram os quatro porque fizeram o jogo com o Feirense. Associaram os quatro ao jogo do Benfica da época anterior. Só que o problema é que o Roderik não jogou, o Lionn estava lesionado e o Nadjak estava em Espanha a jogar no Reus. Sobram Marcelo e Cássio.

Eis o que disse Cássio em tribunal sobre o assunto.

 


Tal como tínhamos divulgado, a notícia que saiu no Expresso, em que dizia que Cássio foi vitima de tentativa de aliciamento, não passou de uma fonte conforme as prints de mensagens que circularam nas redes sociais.

 


Sobre o Lionn, basta ver que responde em tribunal por falsas declarações. Está no Brasil o que impossibilita de ser notificado a comparecer em tribunal. Mas segundo a acusação, Lionn terá sido aliciado com 80 mil euros para cometer penalti e se expulsar. Só se fosse na bancada, pois à data dos factos, estava lesionado e nem constou na ficha de jogo.

Se é isto que têm para fazer capa de jornal para desviar as atenções do que realmente interessa, estamos em condições de dizer, que a montanha vai parir um rato. E depois fazem o habitual número de que o juiz é do Benfica, acionista e o diabo a quatro.

Em resumo: Benfica ilibado de um processo em que o tentavam colar à força e Francisco J Marques bem como Diogo Faria, arriscam prisão efetiva.

Leia também: Juiz agrava crimes imputados a Francisco J Marques e Diogo Faria

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo