Cofina diz que “Macaco” gasta para apoiar a Seleção apesar de falido

Advertisement

Após a primeira derrota da seleção começam a aparecer as “notícias” para desviar as atenções. Alguém tem de pagar aqueles ajuntamentos de jornalistas muito bem tratados pela Federação Portuguesa de Futebol.

Hoje é notícia, que o líder dos super dragões paga para ir apoiar a Seleção Nacional apesar de estar falido, de acordo com o seu depoimento no tribunal de Guimarães. Uma pessoa falida não paga mais de mil euros para apoiar a Seleção Nacional. O Tiago Craveiro quer explicar este apoio que envolve o Cabecilha dos super Dragões e mais uns quantos que têm esse privilégio de apoiar a seleção?