Advertisement

Como a Federação Portuguesa de Futebol tramou o contrato de Fernando Santos

Vídeo explica bem o que está em causa

Advertisement

Será que a federação fez só com o treinador de futebol? Eles podem, o cidadão normal não

 

“Nunca fui acusado de fraude fiscal. Só disseram que havia uma divergência. Eu recorri, não me parece legítimo pagar 80% de imposto. Já paguei de dois lados, em sede de IRC e de IRS. Alguma coisa tem de ser devolvida”, foi uma das declarações de Fernando Santos que indignou o país.

A comunicação da Federação nem para o treinador é boa ao ponto de não saber preparar o selecionador para uma conferencia de imprensa. No fundo a Federação é a mais culpada de toda esta trapalhada, que não é tema de debate durante horas, nos canais desportivos. Nisso a Federação tem sido esperta. Impera a lei do silencio para que os julgamentos públicos, que costumavam fazer ao Benfica, não aconteçam.

Mas a verdade é que isto é um escândalo e o responsável tem nome, Federação Portuguesa de Futebol do Nando das faturas. Resta saber se contratos como o que se sabe, foram feitos com outros selecionadores.

Leia também: Com figurantes no Catar, Macaco não vai mamar na Seleção

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo