Toda a gente conhece o ex-árbitro Jorge Coroado. Aquele ex-árbitro que recentemente teve para ir para o Porto Canal. Ou aquele especialista que pediu penalti contra o Benfica na área do adversário. Ou até mesmo o único árbitro que apitou de caneleiras.

Coroado demonstra que quer ficar com um lugar no FC Porto e para isso tem de fazer o que lhe mandam no jornal do clube azul e branco. Em aspecto do gozo, porque ninguém liga ao que o homem diz, o destaque vai para as suas ultimas análises que envergonham, não só a classe de arbitragem, como o mundo do futebol. Diz o grande especialista que a segunda expulsão do Tondela não deveria ter existido porque o jogador “escorrega”. Ora vendo o vídeo, em momento algum o jogador escorrega. Falta de visão portanto.

Recuando até à 6ª jornada onde Conti escorrega e acaba por ser expulso, o mesmo especialista escreve isto. “Conti teve uma atitude grosseira, deveras violenta e justificadora do cartão vermelho direto que foi exibido”. Agora veja o momento em que o jogador escorrega.

Outro momento de grande cartilheiro e que nos faz rir, é o que escreve em relação ao penalti assinalado a favor do Sporting, pelo Tiago Martins. Ele defende que o penalti a favor do Sporting foi bem assinalado. Diz ele que se todos “fizessem o mesmo acabavam-se os agarrões nas áreas”.

Ora bem: isto quer dizer, então, que para o Sr. Coroado estes lances, que acontecem todas as semanas, devem sempre ser penalti. Mas, se é assim, isso quer que ele denuncia esses casos semanalmente no seu espaço de comentador? Vejamos a 2ª jornada.

Vejamos no derbi com o Benfica

No Tondela-SL Benfica

Pois é.. Nada disse sobre este lance. Mas até ontem, para Coroado, estes lances são todos penalti. Menos a favor do Benfica.
Mais depressa se apanha um Coroado do que um coxo!