Azuistop

Dragões diário só se pode queixar do penalti por assinalar contra o FC Porto

Não houve uma única repetição da Sport TV, nem no juízo final como se previu

PUB

Uma vez que o ex-árbitro do Juízo Final era o José Leirós, não houve mais imagens do lance do possível penalti de Pepe, por mão nada bola. Deve ser disso que o FC Porto se queixa.

 

O Dragões Diário queixou-se do VAR António Nobre sem motivos nenhuns pois foi o FC Porto o clube beneficiado pela equipa de arbitragem. Com o 1-0 para a equipa da casa, Francisco Conceição tem uma entrada para vermelho. De recordar que o Francisco fez a assistência para o empate e marcou o golo da vitória. Nas imagens podemos ver que o treinador do FC Porto ficou impressionado com o seu filho não foi expulso.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

Depois há um lance, também com o 1-0, de Pepe dentro da área do FC Porto. A Sport TV não repete a possível mão de Pepe. No Juízo Final, José Leirós não aborda o lance, e ficamos assim esclarecidos quanto a transmissões e opiniões de quem queria ser VAR mas nem um programa de VAR sabe dirigir.

“O pior desempenho do jogo foi de um interveniente que nem estava em Guimarães, mas em Oeiras. O videoárbitro António Nobre deixou passar em claro um lance em que, segundo os especialistas em arbitragem, foi cometido penálti sobre Pepe. Como se percebe pelas imagens, o árbitro Nuno Almeida não tinha a possibilidade de ver a falta, mas é difícil compreender a atuação do VAR – ou não, se tivermos em conta que António Nobre, também como VAR, deixou passar em branco três penáltis por assinalar a favor do FC Porto num jogo em Moreira de Cónegos”, pode ler-se no ‘Dragões Diário’.

O Dragões Diário “esqueceu-se” de mencionar os dois lances que beneficiaram o FC Porto como é normal.

Comentários

Pub

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo