Futeboltop

“É fundamental que tenhamos consciência de que o Benfica com adeptos vale mais”

Fernando Seara falou na importância dos adeptos do Benfica que estão em França para apoiar

PUB

Fernando Seara está em França, onde o Benfica defronta o Marselha ao início da noite desta quinta-feira, 18 de abril, no jogo da 2.ª mão dos quartos de final da Liga Europa. Aos adeptos que estarão nas bancadas do Estádio de Marselha, que caracteriza como um “tsunami de paixões”, o presidente da Mesa da Assembleia Geral do Clube pediu que se façam ouvir.

 

“Em primeiro lugar, acentuar, relevar e sublinhar o papel que Rui Costa e outras pessoas do Benfica tiveram para que tivéssemos adeptos hoje aqui no Vélodrome. Foi uma negociação intensa, eu assisti e sou testemunha. Portanto, acho que a nossa vitória começou há uma semana, precisamente mais ou menos a esta hora, com a possibilidade de os adeptos do Benfica marcarem presença aqui“, enfatizou Fernando Seara, em declarações à BTV.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

O presidente da Mesa da Assembleia Geral considera o Estádio de Marselha um “tsunami de paixões” e, por isso mesmo, pediu “resistência” à equipa, e aos adeptos, que “são a alma do Clube”, apelou à “capacidade de fazer sofrer os outros com os cânticos” do Benfica.

Este é um dos estádios de maior paixão da Europa do futebol. Porventura, similar a Nápoles ou similar aos estádios da Turquia. Eu já cá estive, sei o que é isto. Se nós somos o ‘Inferno da Luz’, aqui é um tsunami de paixões. É fundamental que tenhamos consciência de que o Benfica com adeptos vale mais. O Benfica com adeptos atenua aquilo que logo à noite vamos sentir. Eu quero continuar a ter os adeptos ao pé, a cantarem, a sentirem o 1904 [ano da fundação do Sport Lisboa e Benfica]. Hoje, daqui por 15 dias, e sempre, porque o Benfica com adeptos vale muito mais. Em estádios complicados ou estádios menos complicados, porque os adeptos são a alma, e também são o princípio e o fim do Benfica. É isso que peço hoje à noite à equipa, resistência, e, aos adeptos, capacidade de fazer sofrer os outros com os nossos cânticos. Aqui e onde quer que seja”, rogou Fernando Seara.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo