Advertisement

Espanha alerta para Gonçalo Ramos mas o Fernando deixou-o na bancada

Não pode dizer que se esqueceu dele

Advertisement

O avançado Gonçalo Ramos, do Benfica, merece destaque no diário ‘Marca’ esta terça-feira, a propósito da recente chamada do avançado de 21 anos à seleção principal de Portugal. Mas vai ficar na bancada.

 

«Gonçalo Ramos, o ‘9’ que apaixona Portugal», é o título do artigo, que tem declarações de Carlos Carvalhal, atualmente treinador do Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, de Grimaldo, companheiro de equipa na Luz, e de um ex-colega na formação do Benfica, António Ribeiro.

 

“Gosto muito, tem um futuro muito longo na Seleção. Antes de mais, é um jogador de equipa. Trabalha, corre, luta… e é um bom finalizador. Cabeceia bem e remata com ambos os pés. Além do mais, interpreta bem os movimentos de rutura e de apoio.”, disse Carvalhal.

“Num torneio o nosso ‘9’ lesionou-se e não tínhamos ou outro. Nesse dia marcou dois golos e já não houve ninguém que o tirasse dali. É um avançado diferente, é o primeiro defesa da equipa. Faz-me lembrar o Thomas Müller, é capaz de correr 12 quilómetros por jogo. Nos treinos era muito difícil pará-lo, obriga-te a estar concentrado porque está sempre em movimento, não pára”, recordou António Ribeiro.

“No Gonçalo gosto de duas coisas: é goleador e tem uma intuição incrível. Além disso é um grande lutador, nunca descansa”, alerta Grimaldo.

Mas o Fernando Santos optou por deixar o avançado do Benfica na bancada. São opções que vemos com bons olhos pois o jogador não corre o risco de ficar lesionado ou de vir cansado. Ao menos não lhe vão me ter as culpas por um eventual desaire.

Leia também: Gonçalo Ramos foi aprender engenharia na seleção

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo