Advertisement

Francisco J Marques diz-se vitima de truncagem no caso de violência doméstica

Advertisement

Há uns anos dizia que o melhor estava para vir e agora perguntamos: O que passou-se?

 

O funcionário do FC Porto queixa-se da CMTV dizendo que é “completamente falso” o que escreveram no jornal.

“Isto é completamente falso. Qualquer pessoa que tenha lido o meu texto e que esteja de boa fé percebe que eu nunca admito violência doméstica, antes a nego e estou convicto que conseguirei demonstrar que não pratiquei violência doméstica. Isto é o habitual lixo jornalístico do CM.
Basta ler este pequeno excerto do meu texto: “Seja na instrução, seja em julgamento, tenho a convicção de que serei capaz de demonstrar que nunca existiu violência doméstica da minha parte, sobretudo (e essencialmente) vitimizando a minha filha”.
Fazem-se de analfabetos para manipular.”, escreveu no twitter.

Ora no longo texto que escreveu, a CMTV retirou a parte em que todos são os culpados menos ele, e fez a notícia. Isto faz lembrar o tempo em que andava a truncar e-mails do Benfica e que agora foi condenado a 1 anos e 10 meses de prisão com pena suspensa. Na altura dizia que o melhor estava para vir e agora que foi alvo de uma peça jornalística, queixa-se do que andou a fazer. Caso para perguntar: O que passou-se?

Quando andou a difamar-me nas redes sociais, estava tudo bem e não havia problema. O processo até anda perdido no norte que coincidência. Agora que enfrenta o código de conduta do FC Porto e mais um caso em tribunal, já chora por todo o lado.

Leia também: Juíza questiona Pinto da Costa sobre a má gestão do clube

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados