Advertisement

Ivan Almeida responde ao diretor do FC Porto

Advertisement

Afonso Barros, diretor geral do basquetebol portista, tentou esclarecer ao jornal “OJOGO” o que se passou depois do Benfica se ter sagrado campeão nacional. Em vez de admitir que houve insultos racistas a Ivan Almeida, audíveis através da transmissão televisivas, preferiu arranjar desculpas.

“O Ivan Almeida fez uma encenação e uma palhaçada. Eu não precisaria, nem o FC Porto, de defender a ação isolada de um adepto, mas não houve racismo. O basquetebol é o desporto de maior diversidade e inclusão, na nossa equipa temos gente de todas as cores e credos religiosos. Ele fez uma encenação à volta de algo que nunca existiu, por querer provocar alguma animosidade. Infelizmente, isso não funcionou a favor de ninguém”, diz Afonso Barros.

Advertisement

Perante as declarações do diretor geral do basquetebol portista, Ivan Almeida recorreu às redes socais para responder. “Palhaçada lol o meu Diretor Desportivo também deve ser um palhaço porque ouviu os mesmos insultos. A melhor forma de salvar a pele é encontrar um bode expiatório. A palhaçada foi levar 30pts de nós no último jogo. Usar a mídia para esconder o racismo que passou é deplorável ✌🏽🇨🇻”

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo