Advertisement

Luís Freitas Lobo: “A minha isenção é intocável”

O comentador que não anda nas redes sociais mas que é fã do FC Porto e Sporting

Luís Freitas Lobo ficou ofendido com uma carta aberta amplamente divulgada por um adepto e reagiu nas redes sociais.

 

Este foi o comunicado que o comentador da Sport TV, Luís Freitas Lobo, emitiu nas redes sociais dizendo que a sua isenção é intocável.

“Carta aberta a quem gosta de futebol: A minha paixão por falar de futebol é indestrutível. A minha isenção é intocável.

⚽️
Foi nesse contexto que falei do poder de desmarque do Rafa, de como Aursnes funcionava em largura de apoio como lateral sendo a profundidade dada pela diagonal dum avançado, como João Mário flectia e jogava no meio, como se fazia a transição defensiva, como João Neves se moveu, etc. Enfim, um jogo inteiro a falar de futebol, do JOGO! Há, no entanto, quem disso perceba zero e procure só polémicas e lama para atirar a quem está com esta paixão durante todo o jogo.

⚽️
Foi, assim, com espanto que me chegou, vindo do mundo paralelo de redes sociais que não frequento, uma “carta aberta” à Sport TV sobre o Vizela-Benfica em que um ponto é colocar-me em causa devido a um lance na linha lateral em que referi que era falta do Otamendi sobre Samu.
De facto, era ao contrário, mas na repetição só me preocupou e falei (até porque o lance era num local irrelevante) a eventual lesão do Otamendi que torceu o pé no lance e estava a ser assistido. Resume-se a isso a minha intervenção “polémica” no jogo (curiosamente a minha isenção e importância da opinião influenciar o público já não é questionada no lance do livre, esse sim em local perigoso, do 0-2 em que avaliei logo falta sobre Rafa ao contrário de alguns analistas de arbitragem)

⚽️
Mais nada encontraram para este ponto de má-fé só com a intenção de tentar atingir a minha isenção e competência. Já vi este filme no passado, mas agora Basta!
Não sou dono da verdade. Erro muitas vezes, como todos, mas não vou admitir mais esta leviandade, por quem não me conhece de lado nenhum, com que difamam, mentem, insultam e caluniam o meu profissionalismo, independência e paixão com que faço todos os jogos seja de que equipas forem numa carreira de muitos anos.”

Advertisement

Escreveu nas redes social Instagram destacando parte como “Mais nada encontraram para este ponto de má-fé só com a intenção de tentar atingir a minha isenção e competência”

Hoje descobri que estou bloqueado sem nunca ter interagido com o comentador. E aqui posso dizer que não me faz falta nenhuma. Agora num canal onde pago um valor acima do que nos é apresentado, tenho todo o direito e exigir mais e melhor qualidade nos comentários. É pena que na tal carta aberta, não tenha justificado “o pequeno toque em João Mário” no Gil Vicente-SL Benfica e tantos outros comentários sem qualidade nenhuma com que tem vindo a apresentar.

Em todo o mundo existem comentadores que cometem erros e que não têm problemas nenhuns em admiti-los. Tanto eu, como o autor da carta, temos o direito de exigir mais qualidade nos comentários e temos o direito de não gostar de ouvir o Freitas Lobo. E por falar em isenção, todos nós temos o direito de gostar de um clube. Eu gosto do Benfica gosto de futebol e o Freitas Lobo gosta do FC Porto e do Sporting. Tem lá o “gosto” e está no seu direito.

Leia também: Como Luís Freitas Lobo comenta lances do Benfica – Vídeo

 

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados