RELAÇÃO DÁ RAZÃO AO BENFICA

Advertisement

O Tribunal da Relação de Lisboa deu razão ao Benfica e considera que a suspensão provisória dos cinco processos contra o hacker Rui Pinto não foi feita em conformidade. O Ministério Público não consultou o clube, que é assistente no caso, nem permitiu que este recorresse da decisão.

Segundo a imprensa, a decisão do tribunal superior, datada de janeiro deste ano, ainda está por cumprir.

Ao pedido de esclarecimentos à imprensa, a Procuradoria-geral da República confirma que ainda se mantém a suspensão provisória do processo.