Advertisement

Rui Pinto acaba de ser acusado nos processo dos e-mails

Advertisement

A sentença no Football Leaks em que tem como arguido o pirata informático Rui Pinto, está aí à porta mas o Ministério Público decidiu acusa-lo também no processo dos e-mails

 

O Ministério Público (MP) acusou Rui Pinto no processo dos e-mails em que o Benfica é o queixoso, a um total de 377 crimes informáticos, cometidos entre 2016 e 2019. Em causa está a intrusão no Sport Lisboa e Benfica que levou à devassa do sistema informático do clube e posterior partilha dos emails dos encarnados com o diretor de comunicação do FC. Porto e condenado, Francisco J. Marques – pela qual o hacker também é responsabilizado – e a divulgação de documentos dos e-mails no blogue Mercado de Benfica.

Para além do ataque ao Benfica, o Ministério Público acusa Rui Pinto de aceder às caixas de email de juízes, procuradores e funcionários judiciais, de clubes como o Leixões, Rio Ave ou Vitória Sport Clube, a Liga de Clubes, mas também escritórios de advogados, elementos da IURD e também jornalistas da Cofina.

Leia também: Benfica emite comunicado sobre vergonhosa notícia do Correio da Manhã

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados