FPFtop

UEFA confirma: Portugueses não vão receber 100 milhões na entrada da Champions

PUB

Temos um presidente da FPF como vice-presidente da UEFA que deixou os clubes a pensar nos 100 milhões de euros, só por entrar na Liga dos Campeões. Afinal era tanga

 

Fernando Gomes anda a passear pela UEFA, sem defender os interesses dos clubes portugueses enquanto ainda é presidente da Federação Portuguesa de Futebol. Deixou que fosse alimentada a ideia que os clubes iam receber 100 milhões de euros, apenas com a entrada na Liga dos Campeões. Não é verdade.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

Para o próximo ciclo de três anos, a UEFA aumentou a percentagem destinada a valores fixos (+2,5%) e para a performance desportiva (+7,5%). A percentagem destinada ao valor da marca baixou de 45 para 35%. E vamos ver que alterações na forma de cálculo do coeficiente histórico vão ser feitas. Atualmente a Liga Conferência mandou os clubes portugueses para o 7º lugar.

Para além desses valores fixos terem sido alterados também o valor pago por vitória e empate desceram apesar de haver mais 2 jogos em vez dos habituais 6.

A verdade é que o valor fixo a pagar a cada equipa será de 18,6 milhões de euros, mais 3 milhões do que era pago até agora, ao qual será sempre preciso somar o valor a que cada clube terá direito pelo coeficiente histórico. Com o aumento de 20%, os valores não chegam aos tais 100 milhões de euros.

Comentários

Pub

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo