Advertisement

Visita do Papa retira multa instaurada ao Benfica pelo Conselho de Disciplina

São maus em inglês e foi preciso a ‘ajuda’ divina para repor uma injustiça feita ao Benfica

 

Segundo o mau inglês das pessoas do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, o Benfica e o seu antigo guarda-redes, tinha de ser penalizados. O jogador podia ficar de castigo e o Benfica com uma multa de 16 320 euros.

Advertisement

Após o conhecimento dessa condenação, o Benfica recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD). O jogador do Benfica já não pertence aos quadros do clube mas restava ainda a multa de 16 320 euros por uma alegada “lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros”.

 

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

 

A multa foi hoje anulada pelo TAD graças à visita do Papa a Portugal em 2023.

Tudo começou por um vídeo partilhado no BPLAY em que Odysseas, depois da vitória sobre o FC Porto no Dragão, que “estes gajos são uma equipa de batoteiros”.  O condenado no caso dos e-mails, Francisco J Marques fez o seu papel no Porto Canal de que o jogador teria dito que o FC Porto era uma equipa de merda e o CD decidiu ir na conversa do FC Porto.

A deliberação do colégio arbitral do TAD, tomada por maioria a 4 de março e publicada esta terça-feira no seu site, considera amnistiada a infração pela qual o Benfica tinha sido condenado pelo CD da FPF.

Esta teve ser com justiça divina.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados