Azuistop

Viveu 8 anos no Sheraton à conta dos fundos europeus

PUB

Diga um! Diga lá um que tenha sido detido ou arguido por ter usado o dinheiro dos fundos europeus para viver num hotel de 5 estrelas?

 

Uns reúnem no hotel Altis para atacar o Benfica. Mas o Manuel Serrão é mais chique e prefere hotéis de renome para viver.  Já dizia o seu outro amigo ‘no Porto não eras detido’. E não é que continua soltinho e nem é arguido? Ainda tinha as malas para fazer do tal hotel e procurar, sei lá, um alojamento local em vigo enquanto é tempo.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

O comentador do FC Porto e amigo de Pinto da Costa viveu no Sheraton Porto Hotel entre 2015 e 2023. Gastou num total de de 372 mil euros. É considerado pelas autoridades como o “principal mentor do esquema de fraude” que terá lesado o Estado em €40 milhões.

Nesse igual período mandava bocas ao Benfica: “As únicas notícias que tenho é que dirigentes, advogados, a SAD do Benfica estão a ser investigados e até já foram alvo de buscas. Só critico – e é pior crime – a demora no apuramento das responsabilidades. Neste caso, estou completamente de acordo com um advogado do Benfica, que ouvi falar sobre isto”, disse à bola branca em 2017.

Hoje o estado português a confirmarem-se as suspeitas, terá de devolver aos fundos europeus, o que dinheiro que este senhor e o seu amigo, também com antigas ligações ao Porto Canal, andaram a receber de forma alegadamente fraudulenta.

Júlio Magalhães foi afastado da TVI. Já Manuel Serrão veremos o que acontece na CMTV, uma vez que durante anos teve o outro condenado a dois anos de prisão com pena suspensa, Aníbal Pinto, nos comentários do FC Porto.

Pub
Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo