Advertisement

A vergonha não tem limites após paragem das seleções

Todas as polémicas da pausa com entrada em grade do pasteleiro de serviço

Advertisement

Fim da paragem da Liga Portugal para os compromissos da Seleção dos compadrios.

Durante o período entre os dois jogos de Portugal tivemos:

➡️ Um jornalista insultado por um Presidente de Câmara (que a entidade patronal não contestou);
➡️ Um comentador da SportTV censurado por dar uma opinião pessoal sobre a má gestão do caso Pepe por parte da direção (com pedidos de desculpas do canal à FPF);
➡️ Um comentador da Eleven Sport afastado após fazer uma piada sobre Taremi (a pedido do diretor de comunicação do FCPorto);
➡️ Uma campanha de censura a tudo e todos cada vez que se fala em Taremi;

➡️ Um jogador que não esteve presente num teste anti-doping da FIFA e logo depois foi dispensado com a justificação de uma lesão;

➡️ Um jogador destratado (antipatriota, mesquinho, mal comportado, feitio estranho, má escolha de timing, destabilizador, mau profissional) durante o mesmo período, todos os dias, por ter renunciado à Seleção;
➡️ Um jogador jovem do SL Benfica convocado para ficar na bancada;
➡️ Uma juíza do Porto que diz que não se pode chamar “javardo” ao Sérgio Conceição porque é crime;
➡️ Um jogador do SL Benfica ser suspenso por 1 jogo após dizer umas verdades numa entrevista rápida;

Para terminar o ramalhete, e com a retoma do campeonato, temos Artur Soares Dias nomeado para apitar o FC Porto-SC Braga. Nada mais nada menos que o jogo entre segundo e terceiro classificado, logo atrás do SL Benfica. O Artur que há umas semanas estava no Porto Canal a receber um prémio.

Num jogo em que há uma clausula entre ambos clubes que consiste ao FC Porto pagar mais ao SC Braga pelo David Carmo se for campeão.

Está bom de ver quem vai ganhar, não está?

Leia também: Os 64 mil euros da vergonha comparados com isto

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo