topVerdes

Adán de fora como mandam os regulamentos

PUB

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol julgou improcedente o recurso apresentado pelo Sporting para a despenalização de Adán, expulso no jogo com o Marítimo (2-1), por protestos com a equipa de arbitragem (ver notícia associada).

 

Advertisement

O e-mail de defesa do jogador enviado pelos leões para o organismo foi parar ao ‘spam’ (‘lixo’), uma vez que o clube de Alvalade não utilizou a plataforma habitual para apresentação de recursos junto da FPF e não verificou a receção do e-mail por parte do Conselho de Disciplina.

 

A pouco mais de 24 horas do dérbi com o Benfica, em Alvalade, o Sporting poderá ainda apresentar recurso no Tribunal Arbitral do Desporto, organismo que, por falta de tempo útil para análise do processo, poderá reencaminhar o processo para o Tribunal Central Administrativo do Sul.

Pub

Já este sábado, Rúben Amorim garantiu que, mesmo com uma eventual despenalização de Adán, Franco Israel será o titular diante do Benfica.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo
Mercado