Advertisement

Conselho de Disciplina não avança com o processo e deixa-o a marinar

Quando precisarem de atacar o Benfica metem lá novos dados

Advertisement

O Benfica foi claro na reação e o processo acabou por ser deixado a marinar para servir interesses de outros

 

Tal como tínhamos dito AQUI e AQUI, o processo disciplinar não era nada mais que uma manobra para atacar o Benfica nesta fase da temporada. O Benfica, através do Presidente da Mesa da Assembleia Geral, foi claro no que disse e o clube vai descobrir quem está por detrás desta “mini” campanha.

A 17 de janeiro, sem notificar o Benfica conforme é obrigatório, o Conselho de Disciplina abre um processo disciplinar ao Benfica. A imprensa é a primeira a saber dando inicio às horas e horas de julgamento na praça pública.

Na mesma noite quem é que está a comentar com, pompa e circunstância, o processo disciplinar contra o Benfica? O Porto Canal e os indivíduos que estão a ser julgados por truncar e-mails do Benfica. Francisco J Marques até é arguido por violência doméstica.

Anunciaram atempadamente, nas redes sociais, que o programa estava de regresso. E mandaram umas bocas a quem já sabia do que se tratava, dando um belo fardo de palha a quem é adepto daquele clube.

 



O dia seguinte arranca com mais uma capa de jornal para manchar a capa do Benfica e termina primeiro, com as declarações do Fernando Seara e mais tarde com a notificação ao clube, dizendo que o processo está suspenso. Ou seja, agora fica em banho maria para poderem usar quando começar a ficar apertado.

“As pressões, os cambalachos, as cartilhas, as narrativas, os climas de desconfiança e de disseminação de desinformação, foi tudo pelo ralo em menos de 24 horas. Um verdadeiro circo patrocinado pelo CD da FPF e apoiado pelo FC Porto”, conforme escreve o Polvo das Antas no qual eu concordo totalmente. Sigo com gosto a mesma narrativa para azia dos bots e cartilheiros.

Leia Também: Cartilheiros e bots divulgam incompetência do Conselho de Disciplina

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo