Azuistop

Eis o que diz o acórdão que condenou responsáveis do FC Porto a prisão

PUB

O acórdão do caso dos emails do Benfica foi conhecido, na segunda-feira, no Juízo Central Criminal de Lisboa. Francisco J. Marques (diretor de comunicação do FC Porto), foi condenado a um ano e dez meses de prisão e Diogo Faria (diretor de conteúdos) a nove meses de prisão, ambos os casos com pena suspensa.

Ambos estão condenados a pagar 10 mil euros, de forma conjunta, a Luís Filipe Vieira, que se constituiu como assistente no processo. Júlio Magalhães (ex-diretor do Porto Canal) foi absolvido.

Advertisement

Pode ter acesso ao acordão aqui

Leia também: Zero destaque à condenação das pessoas do FC Porto

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo
Mercado