Advertisement

Tribunal da Relação confirma condenação do FC Porto no caso dos e-mails

As multas a pagar baixaram

Advertisement

O Tribunal da Relação do Porto confirmou a condenação prévia ao FC Porto, no âmbito do recurso interposto pelos dragões relativo ao ‘Caso dos Emails’.

 

No acórdão, a Relação do Porto absolve novamente o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, e os administradores Fernando Manuel dos Santos Gomes e Adelino de Sá e Melo Caldeira de todas as acusações.

Em relação à FC Porto SAD, Porto Canal e Francisco J. Marques, Diretor de Comunicação e Informação dos ‘Dragões’, o Tribunal baixa a indeminização a pagar ao Benfica por danos não patrimoniais de 1,4 para 1 milhão de euros. Os juízes condenam ainda os arguidos a desembolsar mais de 605 mil euros a título de danos emergentes. Valor relativamente superior aos 523 mil euros iniciais.

Recorde-se que o Juiz Carlos Alexandre condenou o espetáculo mediático dizendo que “Nos emails Não se retira a prática de qualquer crime”

Entretanto o Porto Canal, através do seu site oficial, decidiu atacar um dos juízes.

Leia também: Juiz arrasa! “Nos emails Não se retira a prática de qualquer crime”

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados