Fanático pelo FC Porto não viu o Penalti porque não quis.

7161

14 HORAS depois de se ter falado do que correu mal com a equipa do Benfica (VER AQUI) é tempo de analisar o que se passou no jogo em termos de arbitragem. De facto foi mau o futebol que a equipa praticou como foi gritante os critérios de analise de João Pinheiro e os seus assistentes. Principalmente o assistente número 1 que não auxiliou bem o seu chefe de equipa na cor do cartão, na falta sobre o Luisão e no pontapé de penalti que ficou por assinalar sobre Carrillo.

Os critérios foram bastantes distintos. Cervi faz duas faltas e levou amarelo. Sai ao intervalo por estar condicionado e não deixar a equipa reduzida por outros lances. Zé Manuel, Amaral e Arnold fizeram o mesmo numero ou mais faltas e nem amarelo levaram segundo o critério de João Pinheiro. O assistente Inácio Pereira, conhecido por ser adeptos do FC Porto fanático, conseguiu não ver um pontapé de penalti e transformar uma falta do Vitória numa falta do Benfica.

São erros a mais que fazem com que a equipa do Benfica seja a mais prejudicada dos 3 grandes. A contar para a lista, 14 pontapés de penalti, 5 golos irregulares e um mal invalidado. Depois da reunião e das ameaças dos Super Dragões é mais que evidente que o FC Porto é o clube mais Beneficiado o Benfica o clube ainda mais prejudicado.

Não só a equipa tem de jogar mais, como têm entender que o clube vai continuar a ser prejudicado. Por mais mau que seja o futebol apresentado, um penalti é um penalti e um vermelho por mostrar é um vermelho por mostrar. Formatação precisa-se pois vamos precisar de uma equipa preparada para lutar mais pelas adversidades.

Quanto a nós, apoiar sem deixar de falar destes casos só porque o futebol apresentado não é o melhor.


COMPARTILHAR