Advertisement

CD da FPF considera mais cara uma newsletter do Benfica que um insulto racista

Insulto de Varandas a Pinto da Costa também é mais caro

Advertisement

O Conselho de Disciplina tentou mandar umas bocas à Comissão de Instrutores da Liga mas acabou ridicularizado

 

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, esperou pelos arquivamentos de vários casos para poder apontar responsabilidades à Comissão de Instrutores da Liga e lavar dali as mãos. Não fez nada para evitar que os casos tivessem sido arquivados por terem ficado na gaveta. Um deles foi o caso no clássico em que colocaram bonecos com equipamentos de árbitro e do Benfica, enforcados numa ponte junto ao estádio do Dragão.

Ficou-se a saber da existência de mais casos que deveriam envergonhar o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Para aquele organismo, os insultos racistas valem multas de 890 euros, enquanto as newsletters do Benfica, a pedir árbitros estrangeiros assim como a divulgação dos áudios do VAR, valem cerca de 30 mil euros.

Ficamos a saber também, que as declarações de um presidente sobre Pinto da costa em que diz o que toda a gente sabe, pelas escutas do apito dourado divulgadas no youtube, sai mais caro que os insultos racistas. 70 dias de suspensão e mais de 13 mil euros de multa por falar em “corruptor ativo”.

Em suma, tanto falam dos processos na gaveta da Comissão de Instrutores da Liga, e que nada fizeram para evitar o seu arquivamento, para depois virem com as multas que deviam dar direito a demissões.

Como é que querem ser exemplo para alguém no desporto?

Leia também: Um foi expulso e o outro não foi marcado penalti

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo