Critica palavras de Jorge Jesus sobre Eustáquio mas atacou profissionalismo de Fábio Cardoso

Advertisement

Esta é a falta de noção que anda partilhada pelos cartilheiros do FC Porto. Jorge Jesus defendeu o seu jogador como qualquer treinador o faria.

O que vai ver a seguir, é um cartilheiro que ataca o profissionalismo dos jogadores. O mesmo que ataca Fábio Cardoso, vem falar das palavras de Jorge Jesus sobre a entrada de Eustáquio a Julian Weigl.

Podia dedicar-se em arranjar uma narrativa para a sua amiga que por ventura é amiga do Sócrates.