Director adjunto da RTP corta programa devido ao comunicado do Benfica | Hugo Gil

Director adjunto da RTP corta programa devido ao comunicado do Benfica

É uma vergonha que o dinheiro dos nossos impostos sirva para alimentar esta gente sem vergonha. Como sabe um comentador daquele canal teve comentários xenófobos contra um atleta do Benfica. Nem o canal e muito menos a pessoa em causa, vieram pedir desculpas publicamente. Já passaram uns dias e como pode ver, nada aconteceu.

O Benfica emitiu um comunicado a repudiar o sucedido e parece que o director adjunto da RTP, João Fernando Ramos, ainda foi irónico nas redes sociais. Em vez de condenar o que se passou ainda foi criticar o clube da luz por ter feito o comunicado.

Pub

Ontem depois do Benfica ter passado ao play-off que dá acesso à Champions, em forma de retaliação, cortou o pós-match na RTP3 com a única justificação de que “não tinha interesse”. O canal público a usar o lápis azul num programa que normalmente tem audiência. Mas como o Benfica emitiu um comunicado, a repudiar comentários xenófobos, decidiu não fazer o programa porque não tinha interesse.

Aguardamos serenamente o pedido de desculpas ao atleta do Benfica assim como uma justificação credível sobre a não realização do pós-match do Fenerbahçe-Benfica.