Advertisement

João Pinheiro e Tiago Martins com um papel decisivo na partida

O Benfica esteve irreconhecível no clássico contra o FC Porto, mas isso não justifica o papel decisivo de João Pinheiro e Tiago Martins (VAR) no resultado, ao validarem dois golos irregulares.

É esta a justiça que procuramos com o vídeo-árbitro?

Advertisement

 

 

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

O primeiro e segundo golo do FC Porto são procedidos de falta. No primeiro até no Gil Vicente um golo do FC Porto foi anulado desta forma. Sérgio conceição chorou e na jornada seguinte lá teve o seu golo validado. O segundo golo, não há dúvidas, que há a mão do Galeno.

O Benfica perdeu e perdeu bem, mas isso não quer dizer que tenhamos de ficar calados perante dois erros de arbitragem. Fosse o Benfica a dar 5 e andavam aqui a criticar a arbitragem desde a primeira hora.

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
A semana dos recados