Inicio IMPRENSA Tribunal onojo em nova vergonha no jogo do FC Porto

Tribunal onojo em nova vergonha no jogo do FC Porto

Você já sabe que eles são tendenciosos e não analisam de forma imparcial. O histórico enquanto árbitros no tempo mais negro do futebol português não lhes é favorável e agora como ex-árbitros pior. Um apitava de caneleiras e ou outro anda por aí a dizer que é do Benfica mas vai aparecendo no porto canal. Mas chato como sou, não deixo passar uma porque esta gente envergonha a classe.

No Belenenses SAD-SL Benfica, jornada 2 da Liga NOS, estes artistas conseguiram dizer que o golo do Benfica foi bem anulado por posição de fora de jogo de Seferovic. Até o vice-presidente do conselho de arbitragem veio dar razão a estes artistas. Pois bem, hoje não se esperava outra coisa se não acompanhar a mesma teoria tanto no lance do Soares como no de Mbemba. E o que disseram…

 

 

 

 

Como vê coerência têm 0. Não querem saber porque o que importa é agradar ao FC Porto. Tivesse o Benfica ganho por 4-0 estariam a falar em roubo tal como fizeram no Boavista. Depois há outro plano bem mais importante. Se o vice-presidente do Conselho de Arbitragem disse que os árbitros estariam instruídos para anular este tipo de lances, o árbitro Manuel “Camarote” Oliveira errou.

 

Neste lance o golo teria de ser anulado não pelo fora de jogo de Soares porque eu acho ridículo anularem como o fizeram com Seferovic que se limitou apenas a correr nem interferiu na jogada. O golo teria de ser anulado sim pela posição de Mbemba. Está no campo de visão do guarda-redes e por bem menos já se assinalou fora de jogo, excepto em jogos do FC Porto.

Vídeo: Jogador do CodeCity joga a bola no lance que dá o golo de Seferovic