RECEITAS E LUCRO DE €29,4M EM 2018/19 | Hugo Gil

RECEITAS E LUCRO DE €29,4M EM 2018/19

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD apresentou um resultado líquido positivo de 29,4 milhões de euros (M€) em 2018/19, o que representa um crescimento de 42,8% em relação ao ano anterior. Pela primeira vez o Clube ultrapassou os 300 milhões de euros em receitas.

É um valor nunca antes alcançadoquer ao nível nacionalquer pelo próprio Benfica, em termos de receitas consolidadas. Os 301 milhões de euros do Grupo SLB e os 263 milhões do lado da SAD são dois números extremamente positivos. São números fortemente influenciados pelas novas receitas da UEFA, mas não apenas isso. Também é influenciado pelo reforço e do incremento dos patrocínios, da receita de jogos e do número de jogos realizados. São valores que orgulham muito os Benfiquistas“, explicou Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD.

Estes números, comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e divulgados nesta quarta-feira, dia 18 de setembro, demonstram claramente crescimento e consolidação, mantendo-se a tendência de performance positiva. É o melhor ano de rendimentos da Benfica SAD e do Grupo SLB e o segundo maior resultado líquido na história da SAD (29,4 M€).

Pub

Domingos Soares de Oliveira

Para além da redução do passivo em 13,7 milhões de euros (o que representa uma diminuição de 3,4% face ao final do exercício anterior), o rendimento operacional sem transações com atletas ultrapassa os 165 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 36,3%.

capital próprio consolidado ascende a 116,2 milhões de euros – uma melhoria de 29,4 milhões de euros face ao exercício anterior –, o que significa uma superioridade em relação ao capital social (116,2 M€ vs 115,0 M€).

“Foi um esforço que fizemos ao longo dos anos. Todos os anos temos conseguido ter resultados positivos e resultados muito significativos. Este ano, pela primeira vez, conseguimos ultrapassar o capital social, que é de 115 milhões de euros, graças aos 29,4 milhões de euros que obtivemos de resultados. A diminuição do passivo e o incremento do ativo permitiram-nos efetivamente um número nunca antes alcançado, inclusive desde a criação da SAD, quando mais de metade do capital social foi perdido, e agora conseguimos finalmente recuperar essa situação“, esclareceu Domingos Soares de Oliveira.

PRINCIPAIS DESTAQUES

  • 2018/19 foi o melhor ano de Rendimentos da Benfica SAD e do Grupo SLB;
  • Este é o 2.º maior resultado líquido na história da SAD (29,4 M€);
  • Pela primeira vez o Capital próprio é superior ao Capital Social (116,2 M€ vs 115,0 M€);
  • Continuação da política de redução da dívida ao sistema financeiro (-162,4 M€ nos últimos três anos).