Benfica esclarece a multa imposta pela FIFA

André Gomes, Rodrigo e Nolito são os três jogadores que estão na origem das multas que o Comité de Disciplina da FIFA aplicou ao Benfica, por infrações ao Regulamento de Transferências.

Segundo fonte da SAD do Benfica referiu que se tratam de casos de «natureza processual, relacionados com cláusulas contratuais».

Uma das punições da FIFA está relacionada com a saída de André Gomes e Rodrigo para o Valência, que envolveu a sociedade Meriton Capital Limited.Em causa está a própria partilha dos passes com terceiros, assim como as informações que a FIFA solicitou aos clubes pela altura em que estes negócios passaram a ser proibidos, em meados de 2015.

De recordar que a proibição contemplava duas exceções: os acordos já existentes podiam ser mantidos até ao fim do prazo, e os acordos celebrados entre 1 de janeiro e 30 de abril desse ano estavam limitados à duração máxima de um ano.

Em janeiro de 2014 o Benfica comunicou a venda dos direitos desportivos de André Gomes e Rodrigo à Meriton, sociedade que estavam processo de compra do Valencia, e um ano depois os passes transitaram para o emblema «che».

Relativamente ao caso que envolve o Benfica e o Celta, diz respeito à transferência de Nolito para a formação de Vigo, e fonte da SAD encarnada adiantou que resulta de um atraso no registo do contrato.

O acordo foi celebrado a 30 de junho de 2013, mas estava previsto que só seria registado depois do pagamento da primeira prestação, o que veio a suceder a 4 de julho. Mas como não foi registado logo, a FIFA puniu o Benfica em 15 mil euros, por uso incorreto da plataforma. Relativamente à questão das terceiras partes, a SAD encarnada foi ilibada neste caso.

Refira-se ainda que o Benfica teve conhecimento destas decisões do Comité de Disciplina da FIFA a 2 de março, e uma semana depois solicitou a fundamentação das mesmas, algo que ainda espera. Disso está dependente a apresentação de um eventual recurso para o Comité de Apelo.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter