O desejo de ataque ao Benfica em tempo emergência continua

Advertisement

E é isto que temos todos os dias, estejamos ou não em emergência. Os desejos de noticiar assuntos que envolvam o Benfica de forma negativa é tanto que a falta de rigor se sobressai.

Ontem tivemos a “medição de pilinhas” no que toca às ajudas dos clubes perante a pandemia. O Benfica ajuda à sua maneira, o FC Porto ajuda à sua maneira assim como o Sporting. Só temos de louvar todas e mais algumas boas atitudes. O tempo é de união e de ajuda. Mas para o Record e os demais, o importante é os números e as audiências.

Hoje o país acordou com mais uma notícia falsa. Falta de rigor ou desejo de lançar o Benfica ao barulho de forma a ser assunto, levou a que não tivessem lido a página 24. A principal página.

Chateados por terem sido desmentidos pelo Benfica, não pediram desculpas e ainda alteraram a notícia colocando o momento.

É assim que vive este jornal. Não admite, não assume o erro e ainda provoca a situação.

No dia em que sai isto, o Record mostra que é um jornal pior que as ditas redes sociais.