Benfica vai apresentar queixa contra Bruno de Carvalho na UEFA

A apresentação de queixa contra Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, junto dos órgãos disciplinares da UEFA, nomeadamente no Comité de Controlo, Ética e Disciplina, está a ser ponderada pelos responsáveis do Benfica na sequência da última publicação do dirigente leonino no Facebook. Bruno de Carvalho escreveu naquela rede social um texto em que reagiu ao discurso do homólogo das águias na inauguração da Casa do Benfica da Terceira, nos Açores, e, entre outras coisas, comparou Vieira ao gangster Al Capone.

Oficialmente, da Luz não surgiu qualquer resposta a essa publicação, mas segundo a imprensa a hipótese de entrar na UEFA reclamação contra Bruno de Carvalho é bastante forte.

Os responsáveis jurídicos das águias entendem haver matéria para tal tendo em conta a violação da alínea B, número 2 do artigo 11.º do Regulamento Disciplinar da UEFA, que dá conta de não serem toleradas condutas insultuosas ou violações das regras básicas de conduta. Regras essas que as águias entendem ter sido ultrapassadas com o texto que o presidente leonino escreveu, contendo uma longa lista de acusações visando Luís Filipe Vieira.

A finalizar esse post, Bruno de Carvalho publicou o registo criminal de Al Capone, que se tornou célebre nos EUA nas décadas de 20 e 30 do século passado, acusado de contrabando e venda ilegal de bebidas, entre outras atividades criminosas, durante a vigência da chamada Lei Seca.