Imprensa escreve que Benfica vai apresentar queixa-crime contra Pinto da Costa

Escreve a imprensa este sábado que o Benfica vai apresentar uma queixa-crime contra Pinto da Costa por difamação. O processo, segue na sequência do editorial da revista oficial do FC Porto, no qual o presidente do clube intervencionado pela UEFA escreveu sobre “uma rede de tentáculos”, referindo-se ao “segundo classificado [Benfica]”. “Sucessão ímpar de casos que vai expondo e denunciando uma rede de tentáculos a todos os níveis vergonhosa. São episódios a mais para que tudo possa ser resumido a fantasia, mesmo que as personagens em causa sejam animais falantes, como parece ser o caso ‘E-Toupeira'”, pode ler-se naquele lixo.

Segundo o mesmo jornal, o Benfica terá ainda preparada uma queixa-crime por violação do segredo de justiça contra João Pedro Capitão, contra a YoungNetwork e contra terceiros. “Explicando: os encarnados acreditam que João Capitão é o autor do “Mister do Café”, um blogue afeto ao Sporting que tem divulgado documentos no caso dos e-mails e também a “informação de serviço” da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária em que o coordenador Pedro Fonseca especificava à diretora Saudade Nunes uma denúncia anónima que espoletou o caso ‘E-Toupeira’. Ora, segundo a imprensa e os documentos enviados à Federação, João Pedro Capitão é colaborador da empresa de assessoria YoungNetwork, que trabalha em regime de outsourcing com o Sporting na gestão do site, do jornal, das páginas oficias do clube nas redes sociais e das páginas oficiais de alguns dirigentes do clube”.

A imprensa cita entretanto João Duarte, CEO da YoungNetwork, que desmente: “É mentira. João Capitão não é o ‘Mister do Café’.”

Já a queixa-crime contra “incertos” inclui a página “Mercado de Benfica”, que tem divulgado informações relativas ao Benfica: e-mails e documentos, por exemplo, do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa (DIAP).