Nova acusação sobre bilhetes. Ainda este fim de semana o presidente Câmara do Porto esteve na tribuna. Deve ter pago!

A semana passada reciclaram as cartilhas, quando temos assistido é que essas acontecem nos clubes rivais. Basta ver as noticias sobre reuniões com os presidentes, basta ouvir o audio de presidentes com jornalistas, dando-lhes pequenos almoços. Essa reciclagem pelos vistos não rendeu.

A reciclagem agora é a dos bilhetes. Parece que agora nosso primeiro ministro deixa-se vender por bilhetes na luz. Tal como o ministro das finanças. Eu ficaria bastante preocupado se estas pessoas que estão a gerir o nosso país, sejam uma cambada de vendidos. E que se deixam vender por uns míseros bilhetes. É por isso que os teatros e afins têm pouco investimento, não oferecem bilhetes ao primeiro ministro. Enfim.

Mas esta história dos bilhetes para além de ser ridícula e absurda, teve peso em certos estádios. No dragão por exemplo, a Sport TV agora mal dá foco a quem está na tribuna. Será medo? São ordens? Ainda no ultimo jogo, Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, esteve na tribuna do estádio. O Ministro do Ambiente também lá anda. Até árbitros no activo andaram lá. E pagaram bilhete? Porque é que a imprensa não pergunta? É só o Benfica?

Em Alvalade, escusado será dizer quem é que lá anda. Não só vão políticos como presidentes dos organismos que gerem o futebol. E pagam bilhete? Perguntem ou têm medo de falhar um pequeno almoço?

Pelos vistos o Benfica tem culpa em tudo, nos outros é tudo normal.