Advertisement

“Apenas jogava, recuperava e viajava. Ainda assim, evoluí pessoalmente e também como jogador”

Advertisement

Após apenas uma temporada no Benfica, Gian-Luca Waldschmidt deixou a Luz nos últimos dias do mercado, regressando à Alemanha, agora para representar o Wolfsburgo, que pagou 12 milhões de euros pelo avançado. À Kicker, o jogador alemão explicou as razões por trás da saída precoce do Estádio da Luz.

«Foi, sobretudo, por motivos desportivos. Queria voltar à Alemanha e à Bundesliga. Não foi nada fácil em Portugal. Ir para um país novo, longe da família e dos amigos e a pandemia de Covid-19 tornou tudo mais complicado. Quase nem consegui conhecer em Lisboa, estávamos sempre em viagem. O calendário parecia do futebol inglês desde agosto até fevereiro, nem no inverno tivemos uma pausa. Apenas jogava, recuperava e viajava. Ainda assim, evoluí pessoalmente e também como jogador», disse Waldschmidt, que deverá estrear-se pelo Wolfsburgo na próxima jornada do campeonato alemão, frente ao Greuther Furth.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo