Advertisement

Benfica ataca a vergonhosa atuação da equipa de arbitragem

Advertisement

O triunfo ante o B SAD e mais um hat-trick de Darwin, a revolta motivada por (mais) uma péssima arbitragem na final da Taça de Portugal de hóquei em patins e a restante atividade benfiquista do fim de semana são os temas desta edição da News Benfica.

1
Após a vitória, por 3-1, frente ao B SAD, Nélson Veríssimo considerou não haver “contestação ao nosso triunfo, até pelos dados estatísticos, pela posse de bola e quantidade de golos que tivemos”. Na opinião do nosso treinador, “podíamos ter dilatado mais o resultado”.

Advertisement

Determinante para o triunfo foi a atitude da equipa, num desafio que intermedeia os jogos dos quartos de final da Liga dos Campeões: “Tivemos pelo B SAD o mesmo respeito que tivemos frente ao Liverpool”, enalteceu Veríssimo, relembrando que “a nossa principal preocupação é abordar os jogos que faltam para ganhar e jogar ao nosso melhor nível”.

2
A aproveitar muito bem o elevado volume ofensivo da equipa esteve Darwin, ao conseguir o seu quarto hat-trick ao serviço do Benfica. Com os três golos marcados, o jovem uruguaio chegou aos 31 em jogos oficiais na presente temporada, um registo inalcançado por um jogador do Benfica desde 2017/18, em que Jonas totalizou 37. Refira-se ainda que Darwin chegou aos 30 golos de águia ao peito no Campeonato, o que o coloca, ainda na segunda temporada no Clube, no top50 dos melhores marcadores de sempre do Benfica nesta competição, sendo o 47.º neste ranking.

Advertisement

3
Ontem realizou-se a final da Taça de Portugal de hóquei em patins, da qual saímos derrotados num jogo marcado pela polémica, claramente manchada pelo erro grave da equipa de arbitragem no primeiro golo do FC Porto, o que nos levou a protestar o jogo.

Foi assinalada uma falta, mas a bola, além de não estar colocada no vértice, estava em claro movimento, tal como mostraram as imagens da transmissão televisiva.

Falando em faltas, o critério – ou falta dele – penalizou a nossa equipa. Acabámos com 17 faltas e o nosso adversário com apenas 5, sendo que duas delas aconteceram já na parte final da partida.

Perante estes factos, provocados pela atuação de ontem da dupla de arbitragem composta por João Duarte e Pedro Figueiredo, que muito prejudicou a verdade desportiva, urge que sejam tomadas medidas concretas por parte de todos os intervenientes para que este tipo de arbitragens não prejudique mais o hóquei em patins.

Advertisement

4
E ontem tivemos mais Benfica em campo.

Nos homens, vencemos 25-38 na deslocação ao Xico Andebol e tivemos o empate, sem golos, da nossa equipa B de futebol frente ao Estrela da Amadora (com uma grande penalidade evidente por assinalar nos minutos finais…).

Nas mulheres ganhámos as três partidas realizadas: no basquetebol, 77-58 com o V. Guimarães; em andebol, 34-20 ao SIM Porto Salvo; a contar para a Liga Europeia de hóquei em patins, 13-2 ao CS Noisy Le Grand; e, no voleibol, derrota na visita ao AJM/FC Porto e subsequente eliminação nas meias-finais do Campeonato Nacional. Já esta manhã, a nossa equipa de basquetebol bateu o V. Guimarães, por 65-54, e garantiu o apuramento para as meias-finais dos play-offs.

5
Hoje há mais Benfica para apoiar. O destaque recai no clássico do basquetebol, na Luz, às 17h00. Benfica e FC Porto medem forças num embate em que o 6.º jogador será determinante para alcançarmos o triunfo. A entrada é livre para sócios do Sport Lisboa e Benfica. Às 15h00, no Benfica Campus, recebemos o Rio Ave nos Sub-17. À mesma hora, na Luz, também com entrada livre, somos anfitriões do Novasemente em futsal (feminino).

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo