Castillo: “É muito bonito. Já me disseram que os adeptos são muito fiéis e isso é sempre bom para nós, jogadores.”

Nicolás Castillo, avançado chileno de 25 anos, é reforço da equipa de futebol do Benfica para a temporada 2018/19. Depois dos habituais exames médicos, assinou por cinco épocas e assumiu estar cheio de vontade de começar a “dar tudo em campo”.
O internacional pelo Chile já teve oportunidade de conhecer o Estádio da Luz, local que será a sua casa nos próximos cinco anos.

“É muito bonito. Já me disseram que os adeptos são muito fiéis e isso é sempre bom para nós, jogadores. Esperamos responder no relvado. O Estádio é bonito e espero cá jogar o mais rápido possível”, afirmou Castillo, em declarações exclusivas.

O avançado teve oportunidade de ver vídeos de jogos do Benfica e o que espera para as partidas é “um ambiente incrível”.

“Já tive oportunidade de ver vídeos dos jogos e sei que há sempre muito apoio”, acrescentou, adiantando ainda: “É a primeira vez que o visito. É muito imponente, todo vermelho. Quero jogar aqui o quanto antes.”

“NEM DEMOREI UM MINUTO A DECIDIR”

Ao pisar o relvado, Castillo esteve perto da águia, o símbolo vivo do Clube que não deixa ninguém indiferente.

“Ao ver a águia, apercebo-me que é muito simbólico para as pessoas do Clube, mas também para os estrangeiros. É um orgulho poder estar aqui”, sublinhou.

Os Benfiquistas são uns adeptos exigentes, mas também muito próximos da equipa, algo que o reforço demonstrou conhecer.

“Já me disseram que os adeptos estão sempre com a equipa”, comentou, revelando que havia recebido mensagens destes, mal começaram as notícias que indicavam a mudança do avançado para a Luz: “Os adeptos já sabiam que vinha para cá, mostraram o seu carinho nas redes sociais. Estou muito contente.”

Castillo esteve na loja do Estádio da Luz onde pôde vestir a camisola com o seu nome estampado nas costas e, ao mesmo tempo, privar com adeptos pequenos e graúdos.

“Foi muito bonito. É algo com que todos os jogadores sonham quando chegam a uma equipa nova. Ver a camisola com o teu número e nome é algo muito importante”, afiançou.

Castillo admitiu, ainda, que demorou muito pouco tempo para aceitar a proposta do Benfica.

“Mal soube do interesse do Benfica, o que queria era vir. É um clube grande, conhecido mundialmente, com muitos adeptos e muito falado, e nem demorei um minuto a decidir vir para cá”, revelou.

“Luisão é o capitão e um histórico”
Andando com a fita para trás, foi altura de recordar os primeiros momentos de Castillo no futebol. O chileno lembrou como tudo começou.

“Quando jogava na rua, em pequeno, já sonhava ser jogador de futebol. Tive a sorte de ter pais que sempre me levaram aos jogos, bem como o meu avô. Tenho de lhes agradecer. Foi assim que começou o sonho e que me permitiu chegar aqui”, assinalou.

Hoje, Castillo é um avançado temível para as defesas contrárias. “Quando era mais novo jogava noutras posições, mas a partir dos 16 anos comecei a ter uma posição mais fixa”, reconheceu.

“ESTOU COM MUITA MOTIVAÇÃO E COM FOCO NO BENFICA”

Nem tudo é novo para o chileno. Castillo assumiu que “já conhecia o Benfica, mas também a cidade, que é muito bonita, ou mesmo a liga portuguesa”. “Conheço o Di María, que jogou aqui, o Luisão, que é o capitão e um histórico. Admiro-os muito”, completou.

De um avançado esperam-se golos. Castillo diz-se pronto para responder na relva e ajudar a equipa.

“Essa é a minha ideia, a minha meta. Venho para ajudar o Clube, para que continue a ser o mais importante de Portugal. Não vejo a hora de jogar perante os adeptos”, frisou.

E objetivos? Sempre com os pés assentes no chão, apontou a uma partida de cada vez.

“Sempre que chego a uma equipa penso partida a partida. Todos os jogos são difíceis”, realçou.

O Benfica será a segunda experiência na Europa depois de ter jogado no Velho Continente entre 2013 e 2016.

“Cheguei jovem, um pouco imaturo. Agora estou a 100%, passei de novo pelo Chile, estive no México e isso ajudou-me muitíssimo. Joguei em ligas incríveis, em todas aproveitei e aprendi. Agora venho com a ideia de jogar e ajudar no que a equipa precisar”, reforçou. “Estou com muita motivação e com foco no Benfica”, acrescentou.

“Estar no Benfica é uma grande responsabilidade”
Passados os exames médicos e conhecido o Estádio da Luz era hora de assinar o contrato que oficializa a ligação ao Clube.

“DAR TUDO EM CAMPO EM TODAS AS PARTIDAS”

“Tudo correu como queria. Estar no Benfica é uma grande responsabilidade, mas também uma motivação para continuar a somar títulos”, destacou, assegurando que vai “ajudar o Benfica” e “tentar crescer pessoal e profissionalmente”.

Aos adeptos agradeceu as mensagens de carinho enviadas via redes sociais: “Muito obrigado por todas as mensagens que me enviaram. O que quero é dar tudo em campo em todas as partidas.” E revelou o que dele podem esperar: “Podem esperar um Castillo que vai procurar marcar golos para ajudar a equipa.”

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter